1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Quem Faz

Gláucia Leal. Jornalista, psicóloga clínica e psicanalista. Foi repórter do Estadão e hoje é editora-chefe da revista Mente e Cérebro, vinculada ao grupo Scientific American Internacional.
sexta-feira 19/12/14 17:18

Quando dizer às crianças que Papai Noel não existe?

A crença no bom velhinho, incentivada pelos adultos com as melhores intenções, se desfaz por volta dos 6 anos. Uma pesquisa feita na Universidade de Estrasburgo, na França, mostra que esse momento pode ser mais delicado do que os adultos costumam supor, fazendo com que boa parte das crianças se sinta traída por aqueles em que mais confia. Respeitar a curiosidade dos pequenos, sem fugir de seus questionamentos, é importante para pais e filhos – e ajuda a...

Ler post
terça-feira 09/12/14 16:31

10 alimentos indispensáveis para o cérebro. E mais alguns que fazem bem à alma

Neurocientistas comprovam que incluir determinados produtos em nossa dieta pode ser fundamental para preservar a memória e agilidade mental. Mas como ninguém é de ferro, vale permitir-se, vez ou outra, aquela escapada básica para saborear comidinha com gosto de infância

Ler post
sexta-feira 28/11/14 16:32

Inveja, o olhar que dói

Processada na mesma região do cérebro onde a dor física é decodificada, esse poderoso sentimento tem chamado a atenção de psicólogos e neurocientistas que começam a se dedicar a estudar suas nuances com mais profundidade. Entre os sete pecados capitais, a inveja ocupa posição singular: nunca é que não confere sensação de poder (ainda que falsa), como a ira; tampouco é “divertida”, como a gula ou a luxúria, por exemplo, que têm seu apelo calcado em algum tipo...

Ler post
sexta-feira 17/10/14 17:04

O que as roupas têm a dizer

Elas estão em toda parte: parece que se multiplicam no armário, nas vitrines, são exibidas como objetos de desejo nas revistas e na TV, criam códigos sociais. Além das questões estéticas, a forma como nos vestimos desvela movimentos íntimos e desejos muitas vezes desconhecidos, fazendo com que a roupa contribua para a troca inconsciente de informações, fazendo interface entre a pessoa e o mundo

Ler post
quinta-feira 09/10/14 17:01

Quem você prefere matar?

Não se apresse em responder. Considere antes esse cenário clássico sobre decisão moral: você empurraria um estranho mal-encarado em direção aos trilhos de um trem desgovernado (o que certamente mataria essa pessoa) para salvar a vida de cinco trabalhadores mais adiante? Sua resposta seria a mesma se em vez do estranho fosse alguém que você ama? Ou se entre os trabalhadores estivesse o amor de sua vida, seu filho ou sua mãe?

Ler post
quarta-feira 01/10/14 14:41

Quando a “mania” vira doença

O limite entre os hábitos sem grandes consequências e a compulsão – de limpar, contar, colecionar ou mesmo evitar determinadas situações – pode ser bastante tênue e nem sempre claramente perceptível. Em suas manifestações mais graves, o transtorno obsessivo-compulsivo (TOC), que atinge mais 3 milhões no Brasil, impede as pessoas de levar uma vida saudável e produtiva. Embora existam tratamentos, a vergonha de pedir ajuda pode condenar muita gente a uma vida de sofrimento e exclusão

Ler post
terça-feira 23/09/14 14:45

O dia em que Freud não morreu

Passados 75 anos da morte do criador da psicanálise, suas ideias ainda influenciam profundamente as maneiras de pensar e entender o mundo – mesmo que nem sempre seja possível perceber isso de forma consciente. Pode-se concordar ou discordar dele e até mesmo odiá-lo. Mas é impossível a qualquer pessoa bem informada permanecer indiferente à sua obra

Ler post
sexta-feira 05/09/14 13:54

Por que o ciúme nos deixa cegos (de verdade)

O “monstro de olhos verdes” faz a ansiedade aumentar, provoca sintomas físicos como aceleração dos batimentos cardíacos e uma espécie de cegueira induzida pela emoção, capaz de afetar tanto nossa percepção quanto a forma como registramos fatos na memória. E interfere não apenas no que vemos, mas no julgamento que fazemos dos fatos

Ler post