1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Quem Faz

RICARDO CHAPOLA é jornalista do Estadão e escreve crônicas desde 2008. Gosta de se apresentar como jornalista e cronista, não necessariamente nessa ordem. Contato: ricardo.chapola@estadao.com
sexta-feira 04/03/16 10:46

O fim

"Meu amor, lá se vão quatro anos. Parece que foi ontem, né? Um tempão já repleto de nós, eu e você, você e eu, imergindo nas madrugadas com nossos desentendimentos que nunca acabam. Tormentas que, no início, pensei que passassem, mas que só agora percebo que não passam, nem vão passar. Tendem a ser uma constante, que irrita, que provoca, que perturba, que persegue. Ia pedir um tempo, embora nunca tenha entendido direito como pedir uma coisa dessas a alguém. Temos ao nosso dispor todo o tempo ...

Ler post
quinta-feira 25/02/16 15:32

Obrigado, Fernanda!

Atitudes como as de Fernanda Torres mostram que o mundo parece ainda ter jeito. Ontem, a atriz veio a público pedir desculpas pela coluna "Mulher", escrita por ela no início da semana no blog #AgoraÉQueSãoElas, da Folha. O texto provocou revolta de muita gente, principalmente de gente ligada aos movimentos feministas, pela forma como abordou o tema dos direitos da mulher: segundo a própria atriz,  "do ponto de vista de uma mulher branca de classe média". ______________________________________________ Acompanhe Crônicas de Ricardo Chapola pelo Facebook (Clique em ...

Ler post
sexta-feira 19/02/16 12:30

Quando eu era criança…

infancia

infancia

Ilustração: Lucas Tonon

Quando eu era criança, juro, joguei pela janela do carro todas as calcinhas e sutiãs novos que minha mãe tinha acabado de comprar. Voltávamos da loja, minha mãe dirigindo, eu no banco de trás, com a sacola cheia de lingeries ao meu lado e a vontade irrefreável de fazer um "caminho de migalhas" para não me perder. Acredita? Não? Tem mais: quando era criança, ...

Ler post
sexta-feira 12/02/16 10:50

Tá tranquilo…

favorável

favorável

 

Ilustração: Lucas Tonon

Percebi que era grave quando o porteiro perguntou “se estava tranquilo” e eu, mecanicamente, quase respondi que, sim, “estava favorável”.

______________________________________________

Acompanhe Crônicas de Ricardo Chapola pelo Facebook

(Clique em “obter notificações” na página)

Novas crônicas todas as sextas-feiras.

Twitter: http://twitter.com/ricardochapola

______________________________________________ 

No princípio era apenas tranquilo, e tranquilo ficou até Bin Laden chegar feito um terrorista, acabando com a paz. Depois disso, nada mais poderia estar tranquilo sem que estivesse também favorável. Era nova a lei da selva.

Mas não funciona bem assim. Nem tudo que é tranquilo está favorável, ou nem tudo que é favorável está tranquilo. Coisas podem ser tranquilas e desfavoráveis, favoráveis e agitadas, ou, como o funkeiro mesmo disse, tranquilas e favoráveis.

“Tá tranquilo, tá favorável. Tá tranquilo,tá favorável”. Se o Haddad é Tranquilão, quer dizer que “tá favorável”? Questionado, Bin Laden não respondeu a pergunta, nem se é ligado ao PT, ou se já tinha decidido em quem votar nas eleições desse ano. Tranquilo.

Ser devorado por pernilongos não tá tranquilo. Coça, é chato, irrita, entra no ouvido à noite. Pior: pode ser Aedes. Não é? Então relaxa: tá favorável. Se joga no repelente, sem medo de dar zica.

Se a campainha de casa tocar no sábado de manhã e for testemunha de Jeová, não vai tá tão tranquilo quanto você gostaria, mas vai tá bem favorável. Pense: poderia ser o japonês da (Polícia) Federal, desfavorecendo sua vida inteira.

Antes do carnaval, tá tranquilo. Chega o carnaval, fica favorável. Acaba o carnaval, volta a tá tranquilo. Mas o carnaval nunca acaba de verdade quando tem que acabar. Fim de semana tem bloquinho de novo. Ou seja: ninguém sabe direito até quando vai continuar favorável.

Talvez até terminar a cerveja. Se isso acontecer, dá para correr para um bar. Mas não a qualquer bar. Tem que ser um favorável, de preferência onde ninguém corra risco de sofrer nenhum tipo assédio pelo fato de o lugar não ser tão tranquilo assim.

Passagem de ônibus a R$ 3,80 não tava tranquilo, nem favorável até pouco tempo atrás. Mas parece ter ficado pela falta de gente na rua protestando contra o aumento e pelo tanto de gente pulando carnaval. Por esse preço, melhor ir de Uber.

Tá tranquilo exagerar na folia, beber demais, engordar um pouquinho, desde que seja nessa época do ano. Ela é bem favorável: aproveite a Quaresma e faça um detox.

Jingle bells, jingle bells, acabou papel. Não tá tranquilo. Não faz mal, não faz mal, limpa com jornal. Só leio em tablet. Desfavorável. Ferrou? Talvez, mas fica tranquilo. Uma hora fica favorável.  Ou não, mas tranquilo também.

Ler post
sábado 23/01/16 17:14

Sotaque

sotaque

sotaque

Ilustração: Lucas Tonon

Não tem problema terrrrr sotaque. Pode terrrrrr. Não sei dionde surrrrgiu a ideia de que é feio. Quem disse? Porrrr que ocê tenta esconderrrrrrr e disfarrrrrrçarrrrr, replicano o jeito de falarrrrr das pessoas que criticam o jeito que ocê fala? Às veiz fica bão, às veiz forrrrçado demai, tanto que nóis perrrrrcebe que ocê não tá seno ocê. Tem que serrrrr ocê memo, ...

Ler post
sexta-feira 15/01/16 10:04

Oi, tudo bem?

ilustra

ilustra

Ilustração: Lucas Tonon

Quando alguém perguntar "Oi, tudo bem?" e a resposta for "sim, tudo", acredite, está tudo em ordem. Mesmo. Não vai ter nada de errado. Pior do que não estar bem é estar, precisando ainda por cima ter que convencer o outro de que, de fato, você está tranquilo, numa nice.

______________________________________________ Acompanhe Crônicas de Ricardo Chapola pelo Facebook (Clique em “obter notificações” na página) Novas crônicas todas as ...

Ler post
domingo 13/12/15 12:14

Disfarce

disfarce

disfarce

Ilustração: Lucas Tonon

O bom disfarce é aquele que não precisa ser pedido. Ele sai naturalmente, numa espécie de improviso ensaiado. Precisa, é verdade, de um pouco de vocação. Também de habilidade, timing, malícia, cara de pau. Muita cara de pau. Acima de tudo, cara de pau. Seguindo a cartilha, dificilmente você será descoberto. Ontem deu certo - pelo menos acho que deu. ______________________________________________ Acompanhe ...

Ler post
sexta-feira 20/11/15 18:16

Me desculpa?

dia_e_noite

dia_e_noite

Ilustração: Lucas Tonon

Desculpa, desculpa mesmo. Não foi aquilo que quis dizer. Você entendeu errado. Ou não: entendeu certo. Falei bobagem, sabe como é. Desculpa de novo. Péssima mania de achar que o outro sempre é o problema - ou a raiz dele. Pode acontecer - e isso acontece com bastante frequência - de o problema ser a gente mesmo. Não é você, sou eu. Foi mal.

Desculpa também pela ...

Ler post
sábado 14/11/15 10:19

Reze menos

Muita gente usou a internet ontem para repudiar os ataques terroristas que mataram centenas de pessoas em Paris, na França. Uma parte suplicava pela paz. Outra parte manifestava indignação. Outra protestava contra a suposta desatenção dada pelas pessoas à tragédia de Mariana. E uma última parte pedia oração. "Rezem por Paris" "Orem". "Pray to Paris". Clamar pela paz é justo. Mostrar-se indignado também. O que não dá é vir com essa de que nos esquecemos do que aconteceu em Minas Gerais. Como ...

Ler post