1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Socorro: minha mãe está no facebook.

Ruth Manus

03 setembro 2014 | 13:08

E minha tia também. E meu padrinho. E minha avó. E meu pai. Vixe Maria.

Sim, eles chegaram ao facebook. Mãe, pai, tia, tio, tia avó, avó, bisavó. Geral chegou. E chegaram ao instagram. E têm whatsapp. Se bobear, twitter, linkedin, snapchat.

Oh, Lord.

Família, antes de tudo: sério, amo vocês, incondicionalmente. Mesmo querendo morrer por causa de algumas coisas que vocês fazem na internet.

Mas, em retribuição a todos os ensinamentos e conselhos maravilhosos que vocês me deram ao longo dos anos, tomo a liberdade de fazer uma listinha de sugestões tecnológicas, com todo carinho, para o bem de todos e felicidade geral da nação.

Olha só:

  1. * NÃO PRECISA USAR CAPS LOCK SEMPRE, TÁ? FICA ESQUISITO. MEIO AGRESSIVO. PARECE QUE VOCÊS ESTÃO BERRANDO COM O INTERLOCUTOR.
  2. * Comentários no facebook aparecem para todos os amigos (eu disse todos), então, por favor, mãe, não pergunte se eu melhorei da cólica neste ambiente. Me ligue, mande whatsapp, SMS, pombo correio, carta na garrafa, diligência, oficial de justiça.
  3. * Emoticons (são aquelas carinhas que vocês adoram) são bem bacanas. Mas um por frase já está de bom tamanho. Dois, se for o caso. Três, em caráter extraordinário. E, para ser mais clara: 35 emoticons numa mesma frase não é um negócio legal. Meeeesmo.
  4. * Se você estiver num grupo do whatsapp, não dá certo vocês dizerem “oi, tá chegando?”. São várias pessoas e a gente não sabe com quem vocês estão falando. Procure a pessoa certa nos contatos e mande a mensagem só para ela.
  5. * Se eu não te responder na hora, EU AINDA TE AMO, juro. E provavelmente NÃO MORRI.
  6. * Tem um balãozinho no canto direito, em cima, na tela do facebook, que se chama mensagem ou inbox. É tipo e-mail, ou seja, só a pessoa para quem você escreve vai ler. É o veículo ideal para perguntar sobre problemas financeiros e judiciais, hemorróidas ou tratamento de canal.
  7. * Se vocês estiverem aborrecidos, liguem para a gente. Mas não precisa postar coisas como “triste”; “resfriado” ou “com dor na lombar” no facebook. Vai por mim, nós seremos mais sinceros e eficazes do que a meia dúzia de pessoas que pode curtir essas lamentações.
  8. * O instagram serve, basicamente, só para postar/curtir fotos. Comentariozinhos pequenininhos e esporádicos, tá?
  9. * Procurem nos consultar, de leve, antes de postar uma foto nossa que você acha que tá liiiiiinnnda. Inclusive de infância. Só por precaução.
  10.  * Não confiem excessivamente no auto-corretor. A frase “tem sopa de beterraba na geladeira” não é muito fácil de compreender quando vem na forma “te sapo de betwrrsns na gerador”.

 

Acreditem, nós gostamos de ter vocês por perto, inclusive nas redes sociais e coisas do gênero. Da mesma forma que vocês sempre gostaram da nossa presença, mas nem por isso liberavam o tênis em cima do sofá e as bolhas de ar com o canudinho no leite. São só alguns conselhos do bem.

Se vocês toparem essas dicas aí, prometo me esforçar pra trabalhar menos, dormir mais, não deixar minha pia cheia de louça, gastar menos em bobagem, ir ao oftalmologista e comer espinafre regularmente.

Temos um trato? ;)

 

*

*

Siga nossa página no facebook: https://www.facebook.com/blogruthmanus

Siga nosso perfil no instagram: @blogruthmanus