1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Como reduzir tensões emocionais ao se relacionar com outros

Barton Goldsmith McClatchy - Tribune News Service

03 Junho 2014 | 17h 27

O ser humano não precisa mais conviver com a ansiedade a cada segundo do dia; veja dicas para reduzir seu grau e combatê-la

 A tensão está no nosso DNA. Provavelmente ela surgiu como um sistema de alarme dos nossos ancestrais que viviam em cavernas e tinham de estar preparados para correr ou se defender quando a tribo estava sendo ameaçada. Nós ainda conservamos este instinto, e às vezes ele pode ser até mais forte do que precisaria ser.

O sistema lutar ou fugir é perfeito, mas os tempos mudaram e o ser humano não precisa mais conviver com a ansiedade a cada segundo do dia. Se você viver dessa maneira, acabará criando graves problemas para você mesmo, físicos ou emocionais, ou ambos, e sua vida se tornará menos aprazível. Seguindo algumas sugestões você pode reduzir seu grau de tensão e combatê-la.

Se estiver no meio de uma discussão e a tensão começar a subir, relaxe. Conceda-se uma hora para acalmar-se e para pensar com mais clareza, e, quando voltar à discussão, procure controlar a intensidade e as emoções. Se ainda achar que não consegue livrar-se das emoções negativas, uma boa noite de sono ajudará. Ao acordar no dia seguinte, achará uma nova perspectiva.

Não deixe que seu aborrecimento se agrave. Se estiver se sentindo explorado e achar a situação insustentável, abra-se com alguém. Se ninguém estiver disponível para conversar, ponha seus sentimentos no papel. É uma maneira muito legal de livrar-se de sentimentos ruins e começar a ver as coisas sob um aspecto maneira diferente. Quanto mais cedo resolver o problema, menos tempo terá para se sentir desconfortável.

Aprenda a não se desgastar. Se estiver cansado, as coisas mais simples lhe parecerão mais difíceis, e inclusive se tornará irascível. É bom relaxar quando se encontra dificuldade para lidar com os problemas do dia a dia. Elaborar uma lista das tarefas do dia ajuda, e se você não puder realizá-las todas, deixe para o dia seguinte. Uma boa ideia é também incluir na lista um lembrete: "Relaxe". Terá tempo suficiente para fazer tudo o que se propôs. Só não desperdice o seu tempo sentindo-se pressionado.

Evite ficar remoendo problemas. Pensamentos negativos podem acabar com sua vida se você deixar. Quando se sentir com vontade de sentar ou deitar consumido por pensamentos perturbadores, levante e mude seu espaço físico, para poder mudar também o espaço mental. Bastará sair e respirar profundamente umas três vezes. Então procure uma coisa construtiva para fazer em casa ou à sua mesa de trabalho, e ponha mãos à obra.

Conte com seus amigos, mas sem exagerar. Conversar com alguém que acredita em você será muito útil, mas se aliviar sua tensão desabafando com um bom amigo, poderá esgotar sua capacidade de ouvir. Lembre que seus amigos também têm uma vida própria.

Estas dicas deverão ajudar, por isso trate de pô-las em prática. As coisas mudarão, afinal, é o que sempre acontece. Esteja certo de que você é uma boa pessoa, e a bondade voltará a fazer parte da sua vida.

Tradução de Anna Capovilla

Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo