1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Moda choker: gargantilhas voltam a fazer a cabeça de fashionistas

- Atualizado: 19 Fevereiro 2016 | 13h 05

Febre nos anos 1990, o acessório apareceu nas coleções de verão 2016 de grifes como Dior e Chanel. Veja como usá-lo em looks do dia a dia

Campanha de primavera/verão 2016 da Dior

Campanha de primavera/verão 2016 da Dior

 

Eternizadas por Cher, personagem principal de “Patricinhas de Beverly Hills”, filme icônico dos anos 1990, as chokers voltaram a fazer sucesso nos últimos meses. Lá fora, ganharam destaque nos desfiles das coleções de grifes como Chanel, Balmain e Dior - nesta, ainda sob a direção criativa de Raf Simons, foi acessório de praticamente todos os looks. Por aqui, ajudam a compor o visual meio fetichista de Atena, vilã da novela “A Regra do Jogo”, interpretada por Giovanna Antonelli.

Veja modelos de chokers e como usá-las em looks diferentes
Reprodução
De metal

Famosas nos anos 1990, as gargantilhas voltaram a fazer sucesso nos últimos meses. No Brasil, as gargantilhas de metal ajudam a compor o visual meio fetichista de Atena, vilã interpretada por Giovanna Antonelli na novela "A Regra do Jogo". 

 

A quem não está familiarizado com o termo: choker, em inglês, significa 'sufocador' e, na moda, designa o tipo de colar usado bem junto ao pescoço. A origem exata do acessório não é bem definida. "Há quem considere que surgiu na Antiguidade Clássica, outros acreditam que foi na Idade Média para distinguir os escravos", explica a consultora de moda Paula Acioli, coordenadora do curso de Gestão de Negócios de Moda da Fundação Getulio Vargas (FGV). Na moda, a peça aparece com frequencia desde os séculos 18 e 19 e se popularizou ao ser usada pela última rainha da França, Maria Antonieta, e outras mulheres nobres do período. 

Dior verão 2016
AFP PHOTO / FRANCOIS GUILLOT
Dior

Desfile da grife Dior na Semana de Moda de Paris, na sexta-feira, 2 de outubro

Nos anos 1970, ganhou releitura dos hippies; nos anos 1980, dos punks; e, no fim dos 1990 e início dos 2000, um ar meio gótico com a choker tattoo. Aliás, a gargantilha tatuagem tribal, feita de plástico flexível trançado, é outra que está de volta e agora aparece no pescoço de adolescentes e mulheres moderninhas. As mais sofisticadas preferem a versão de metal, minimalista, que combina com quase tudo. Há ainda versões grossas, de veludo, com pingente, abertas... "Cada uma funciona de uma maneira no look e pode deixá-lo mais romântico ou transgressor", diz Paula. 

Desfile da coleção de primavera/verão 2016 da Chanel, durante a Semana de Moda de Paris, que ocorreu em outubro de 2015

Desfile da coleção de primavera/verão 2016 da Chanel, durante a Semana de Moda de Paris, que ocorreu em outubro de 2015

  • Tags:
Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em Vida & EstiloX